AGRICULTURA

Plantio de soja em Goiás começa nesta sexta-feira
Evento que marca o início da safra 2021/2022 ocorre no município de Campinorte, com a presença de produtores, técnicos, representantes de entidades e autoridades públicas. Para safra 2021/2022, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima uma produção de 14,1 milhões de toneladas


A produção de soja em Goiás na safra 2020/2021 foi de 13,7 milhões de toneladas, com produtividade média de 3,7 toneladas por hectare em uma área plantada total de 3,7 milhões de hectares - Foto: Reprodução

A Abertura Estadual do Plantio de Soja – Safra 2021/2022 será realizada nesta sexta-feira (22/10). O evento está marcado para 14 horas, na Fazenda Três Irmãos (Família Perinelli), em Campinorte. O município fica na Região Norte do Estado, a 300 quilômetros de Goiânia.

Estão confirmadas as presenças de produtores, técnicos, profissionais, representantes de entidades e autoridades políticas, entre elas o secretário de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tiago Mendonça – que representará o governador Ronaldo Caiado -, o presidente da Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Sistema Faeg Senar), deputado federal José Mário Schreiner, e o presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Goiás (Aprosoja-GO), Joel Ragagnin.

A produção de soja em Goiás na safra 2020/2021 foi de 13,7 milhões de toneladas, com produtividade média de 3,7 toneladas por hectare em uma área plantada total de 3,7 milhões de hectares. Para safra 2021/2022, a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) estima uma produção de 14,1 milhões de toneladas. O volume representa um acréscimo de 2,9% em relação à safra anterior. A Conab também projeta um aumento de 5,6% na área cultivada do grão. Com o resultado, Goiás deve se manter na quarta posição nacional entre os Estados que mais produzem a oleaginosa.

Campinorte está localizado na área de expansão da sojicultura em Goiás. Em 2020, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a área plantada no município foi de 10 mil hectares e a produção total de 33,6 mil toneladas — crescimento de 5,3% e 17,9% em relação a 2019, respectivamente. Em toda a Região Norte do Estado, a área plantada com soja foi de 194,0 mil hectares em 2020. Ainda de acordo com o IBGE, a produção atingiu 645,0 mil toneladas no mesmo ano, movimentando cerca de R$ 878,7 milhões.

“A soja é um dos principais produtos da pauta de exportações do Estado e vive um bom momento com demanda aquecida e bons preços no mercado internacional. Ao contrário do que se pensava antigamente, quando o solo da região era visto como improdutivo, o Norte goiano tem grande potencial para produção de soja e outras culturas de forma sustentável. Estamos ao lado do produtor goiano, orientando e proporcionando condições para que ele produza alimento, gere riqueza e crie empregos”, diz o titular da Secretaria de Estado de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), Tiago Mendonça.

A Abertura Estadual do Plantio de Soja – Safra 2021/2022 é uma realização do Sistema Faeg Senar e da Aprosoja-GO, com apoio do Governo de Goiás, por meio da Seapa. Antes do início simbólico do plantio com as plantadeiras em campo, está prevista a apresentação do painel técnico “Economia, mercado e insumos: o que esperar desta safra de soja?”, com o coordenador institucional do Instituto para o Fortalecimento da Agropecuária de Goiás (Ifag), Leonardo Machado, presidente da Comissão de Grãos da Faeg, Ênio Fernandes, e consultor da Pátria Agronegócios, Matheus Pereira.

Trajetória no campo

Anfitrião do evento, o produtor Eugênio Perinelli (hoje com 74 anos) nasceu na Itália e veio para o Brasil no fim da década de 1940, aos 7 anos de idade. A Europa estava arrasada pela Segunda Guerra Mundial. A família (pai, mãe e três filhos) chegou no Paraná, mas decidiu se instalar em São Paulo, num sítio na região de Campinas. Ali, produzia milho, aves e suínos.

Na década de 1980, Eugênio e os dois irmãos venderam quase tudo e se transferiram para Goiás. Entusiasmados com as planícies do Cerrado, compraram 42 alqueires em Campinorte, onde plantaram milho e arroz. A partir de 1990, começaram a cultivar soja. Ao longo dos anos, adquiriram e arrendaram novas terras. A família Perinelli planta, atualmente, 3,5 mil hectares nos municípios de Campinorte, Uruaçu e Mara Rosa, em Goiás, e mais 2,5 mil hectares em Araguaçu, no Tocantins. Também é sócia de uma revenda de insumos e proprietária de uma transportadora.

Encontro

Ainda na sexta-feira (22), mas na parte da manhã, representantes da Seapa e de outros órgãos do Governo de Goiás, produtores, autoridades e técnicos participam do Encontro “Sistema Faeg ao seu Lado” em Uruaçu, a apenas 25 quilômetros de Campinorte.

A programação, que começa às 8 horas, inclui palestras, exposições, reuniões técnicas, assinaturas de convênios, entregas de benefícios, pronunciamentos de autoridades e homenagens. As atividades ocorrem no Parque de Exposições Agropecuárias do Sindicato Rural de Uruaçu.

Agenda
Abertura Estadual do Plantio de Soja – Safra 2101/2022
Data: 22 de outubro de 2021 (sexta-feira)
Horário: 14 horas
Local: Fazenda Três Irmãos (Família Perinelli) – Rodovia BR-153, KM 176, à direita 9km, SN. Município de Campinorte (GO)





COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM



AGRICULTURA  |   01/12/2021 18h27

Anápolis - GO
 




AGRICULTURA  |   28/11/2021 09h57

Trindade - GO
 

AGRICULTURA  |   02/11/2021 13h07