BRASIL

Presidente Jair Bolsonaro promove redução do consumo de energia elétrica em órgãos do governo
Entre setembro e abril de 2022, os órgãos governamentais devem baixar o consumo de energia elétrica em até 20%


Foto: Fernando Frazão/ Agência Brasil

O presidente Jair Bolsonaro assinou um decreto que impõe a redução do consumo de energia elétrica na administração direta do governo. Entre setembro e abril de 2022, os órgãos governamentais devem baixar o consumo de energia elétrica em até 20%. A medida não vale para as empresas estatais. 

A norma tem objetivo de promover a redução do uso de energia elétrica na iluminação de corredores, garagens e nas repartições, por exemplo. De acordo com o Ministério de Minas e Energia, cerca de 22 mil prédios devem se adequar às normas estipuladas no decreto presidencial. 

Além disso, o presidente Jair Bolsonaro autorizou o lançamento de projeto para implementação de programa de redução voluntária de consumo de energia elétrica para os consumidores do país. A princípio, a equipe de especialistas do governo federal busca meios para compensar economicamente os consumidores que reduzirem o consumo de energia elétrica em casa.

A pedido do presidente Jair Bolsonaro, o programa deve conceder descontos na conta de luz para quem atingir a meta mínima de redução do consumo. A expectativa é que a tabela de descontos seja publicada na próxima semana.

O presidente também estabeleceu diretrizes de redução voluntária de energia elétrica para o setor industrial e aguarda o engajamento dos empresários por meio de sugestões que possam contribuir para a garantia do fornecimento nos parques industriais do país.




COMENTÁRIOS







VEJA TAMBÉM






BRASIL  |   06/12/2021 10h10

Brasília - DF